Pare! Olhe! Escute!

Todos nós já vimos alguma versão dos avisos, mostrados à direita, num cruzamento com a linha férrea que não seja protegido por cancelas ou luzes de advertência. Os avisos nos lembram que devemos PARAR antes do cruzamento, OLHAR em ambas as direções e ESCUTAR algum sinal de um trem que se aproxime.

Só depois disso podemos ter certeza de que é seguro atravessar a via férrea. Quando estamos trabalhando em uma planta de processo, também devemos ter tempo para PARAR por alguns minutos, OLHAR ao redor da planta e ESCUTÁ-LA. Os equipamentos estão sempre nos enviando informações sobre o seu estado, mas estamos prestando atenção? Aqui estão alguns exemplos: 

  • Um operador olhou para um tanque de aço não isolado e pensou que a parede do tanque parecia estar se movimentando ou vibrando. Isso não parecia estar certo. Ele relatou a seu supervisor e o tanque foi esvaziado. Verificou-se que estava severamente corroído e a parede do tanque estava muito fina.
  • Um eletricista a caminho do trabalho parou e olhou para alguns gabinetes de equipamentos elétricos em outra área. Ele viu que um deles não estava corretamente fechado e corrigiu o problema.
  • Um operador, passando por uma bomba de recirculação de um reboiler de uma coluna de destilação, observou que a bomba produzia ruídos estranhos. A bomba foi inspecionada e constatou-se que continha fragmentos de metal. Verificou-se que eram partes de suportes de algumas bandejas da coluna, que estavam corroídos e falharam.
  • Um engenheiro observou uma nuvem de poeira e pó acumulado sobre equipamentos contendo combustíveis sólidos. Havia potenciais fontes de ignição (equipamentos elétricos e possíveis faíscas eletrostáticas) na área. O equipamento foi parado, o ambiente foi limpo e foram implementadas ações corretivas para eliminar a poeira.

Veja também:

Atendimento a Norma Regulamentadora NR-13

Avaliação de Integridade

Ensaio por Réplicas Metalográficas

 

O que você pode fazer? 

  • Durante o seu trabalho, observe e ouça a sua planta. Alguma coisa parece ou soa diferente? Há coisas que você vê ou escuta que precisam ser investigadas, mas as pessoas simplesmente pararam de prestar atenção para elas? Isso é chamado “normalização do desvio” – aceitando como “normais” situações que deveriam ser corrigidas e não tomando nenhuma ação para corrigi-las. Relate qualquer coisa que não pareça ou soe correta e faça o acompanhamento lembrando à gestão para investigar.
  • Altere a sua rota habitual quando caminhando pela planta fazendo inspeções de rotina a fim de obter uma visão diferente dos equipamentos e instalações por onde você passa. q Aqui estão alguns exemplos de possíveis problemas de segurança que você pode observar: equipamentos elétricos em outra área. Ele viu que um deles não estava corretamente fechado e corrigiu o problema.
  • Aqui estão alguns exemplos de possíveis problemas de segurança que você pode observar: 

 

Rua Guaipa, 110 – São Paulo – SP +55 11 3641.9825 O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Prestadora de serviços técnicos dedicados à redução de riscos. Saiba mais..

      

Cadastre-se em nossa newsletter!

JoomShaper